Notícias

Via Araucária realiza ações para sanar problemas de macrodrenagem na BR-277

A Concessionária está ativamente envolvida na solução do afundamento da via no km 98,
que fica na região do Orleans, em Curitiba.

A Via Araucária está intensificando seus esforços para resolver o problema de afundamento
no km 98 da BR-277, próximo ao Orleans, em Curitiba. Essa patologia já existia desde
dezembro de 2023 e é anterior ao início da gestão da concessionária, no último dia 28 de
fevereiro.

Desde que assumiu a concessão, a Via Araucária iniciou o processo de sondagens para
compreender melhor a razão do afundamento e determinar a necessidade de reparos ou uma
revitalização completa da via, em razão da ausência de estudos anteriores naquele local. É
importante salientar que a concessionária está trabalhando em estreita colaboração com os
técnicos da Prefeitura de Curitiba, dado que há uma interface com a macrodrenagem urbana,
para tratar desta erosão.

Também é importante destacar que nos 51 dias em que assumiu a gestão do trecho, a Via
Araucária tem realizado intervenções corretivas para garantir a segurança dos usuários que
utilizam toda a extensão da rodovia.

Além disso, a concessionária está dedicada a resolver o problema no km 98 da BR-277. Na
última segunda-feira, quando o buraco foi reaberto, às equipes de Projeto e Obras da
concessionária foram acionadas e implementaram novas medidas de contingência
imediatamente.

Após análises locais realizadas durante a semana, foi identificado o iminente risco de ruptura
do terreno e potencial comprometimento da segurança viária. Portanto, os engenheiros da
concessionária, em conjunto com representantes da Polícia Rodoviária Federal (PRF),
Agência de Assuntos Metropolitanos do Paraná (AMEP), Secretaria Municipal de Trânsito
(SETRAN), Companhia de Urbanização de Curitiba (URBS) e Secretaria Municipal de Obras
Públicas (SMOP), determinaram que a segunda pista de rolagem será interditada.

A Via Araucária informa que a partir de amanhã, sábado (20), haverá desvio no trecho do km
98 da BR-277, no sentido decrescente, próximo ao Orleans, em Curitiba, onde ocorre o
afundamento da pista. Os condutores vindos do interior do estado e que se dirigem à capital
realizarão o desvio para a marginal direita, em frente ao antigo Café Damasco. O motivo do
desvio é resguardar a segurança de quem trafega pelo local, enquanto as equipes avançam
nos trabalhos de localização da tubulação profunda que está ocasionando os recorrentes
eventos de solapamento. Não há horário definido para o início do desvio e para o término das
obras.

Por fim, a concessionária reitera seu compromisso com a segurança, conforto e
trafegabilidade e afirma que continuará dedicando esforços para garantir a qualidade e a
eficácia das intervenções realizadas ao longo de todo o sistema rodoviário.

Veja o croqui com o desvio:

Sobre a Via Araucária
A Via Araucária é a concessionária responsável pela operação, manutenção e
modernização do Lote 1 do Sistema Rodoviário do Estado do Paraná, abrangendo
473 quilômetros de rodovias federais e estaduais. Esse trecho inclui os contornos
Norte e Sul de Curitiba, as interligações entre municípios da Região Metropolitana de
Curitiba e a rota entre a capital e Guarapuava, no Centro-Sul do Paraná, entre outros
segmentos viários. O contrato de concessão assinado junto ao Governo Federal prevê
investimentos da ordem de R$13,1 bilhões na restauração de rodovias, ampliação da malha
viária e implementação de tecnologias e inovações que contribuam para a prestação de
serviços de alta qualidade. Para mais informações: www.viaaraucaria.com.br
(I) BR-277/PR:
– Do acesso oeste de Curitiba/PR até a Ponte sobre o Rio Barigui, em Curitiba/PR;
– Do entroncamento com a BR-476, no município de Curitiba/PR, até o
entroncamento com a BR-373/PR-452 (Relógio), em Prudentópolis/PR;
– Do entroncamento com a BR-277/PR-431, no município de Campo Largo/PR, até o
entroncamento com a BR-277/PR-431 (Fim do Contorno de Campo Largo), em Balsa
Nova/PR;
– Do acesso a Santa no município de Balsa Nova/PR, até o entroncamento com a
PR-423, em Balsa Nova/PR.
(II) BR-373/PR:
– Do entroncamento com a BR-373/PR (Caetano) no município de Ponta Grossa/PR,
até o entroncamento com a BR-277/PR (Relógio), em Prudentópolis/PR.
(III) BR-376/PR:
– Do entroncamento com a BR-476 (P/Araucária) no município de Curitiba/PR, até o
entroncamento com a BR-116/476 (Curitiba Sul/Pinheirinho), em Curitiba/PR.
(IV) BR-476/PR:
– Do entroncamento com a BR-376/277 (P/Araucária) no município de Curitiba/PR,
até o entroncamento com a PR-427 (P/ Porto Amazonas), em Lapa/PR.
(V) PR-418:
– Do entroncamento com a BR-277/PR (Campo Comprido) no município de
Curitiba/PR, até o entroncamento com a PR-417, em Colombo/PR.
(VI) PR-423:
– Do entroncamento com a BR-276 (Araucária) no município de Araucária/PR até o
entroncamento com a BR-277 (Pista Direita), em Campo Largo/PR.
(VII) PR-427:
– Do entroncamento com a BR-476 no município da Lapa/PR, até o entroncamento
com a BR-277, em Palmeira/PR.
Siga a Via Araucária nas redes:
https://www.linkedin.com/company/viaarauc%C3%A1ria
https://www.youtube.com/@viaaraucaria
https://www.instagram.com/araucariavia
Assessoria de Imprensa – Via Araucária
Lumière Comunicação
Giovana Chiquim Cereja – (41) 9 9583-4827
Fernanda Guimarães – (41) 9 8705-8239
E-mail: imprensaviaaraucaria@lumierecomunicacao.com.br

Você já conhece os benefícios de possuir uma tag (chip eletrônico para pagamento automático)?

Clique aqui e confira!