Notícias

Via Araucária conclui obras de revitalização em São Luiz do Purunã

Atividade contou com a mobilização de duas equipes e 37 máquinas para garantir viagens com mais fluidez, conforto e segurança

Para oferecer uma viagem mais segura aos paranaenses e turistas de todo o Brasil, a Via Araucária, concessionária responsável pelo Lote 1 das rodovias do Paraná, entregou na última semana a revitalização dos quilômetros 123 ao 132 da BR-277, na Serra de São Luiz Purunã.

Para a realização das obras foram mobilizadas duas equipes, de 33 pessoas cada, além da utilização de 37 máquinas, incluindo quatro carretas com semirreboques térmicos de descarregamento. Ao todo, foram utilizadas mais de 2.700 toneladas de massa asfáltica.

Anteriormente, na Serra de São Luiz do Purunã, havia inúmeros buracos, além de elevações no pavimento, de até 12 centímetros, que causavam prejuízos aos usuários, como corte em pneus e lentidão no tráfego. As obras buscam garantir que as viagens realizadas pelos motoristas sejam, além de mais seguras, também confortáveis.

Entre as atividades realizadas na Serra de São Luiz do Purunã estão: pintura da sinalização horizontal (4.245 m²), tacha da sinalização horizontal (3.750 unidades), instalação de sinalização vertical (650 placas), limpeza da sinalização vertical, roçada manual e mecanizada em 25 km de extensão, defensas e reparos (1.500 m), implementação de adesivos refletivos em defensas (2.250 unidades), poda de árvores, pintura de barreira (1.270 m) e limpeza de drenagem (6.500 m).

Para executar as obras de recuperação do pavimento em 30 dias e finalizá-las antes do feriado da Páscoa, a concessionária precisou adotar estratégias sobre o horário de trabalho das duas equipes. A alta complexidade das obras exigiu a realização de atividades durante o terceiro turno em dias úteis. Portanto, os colaboradores atuavam em série nas madrugadas para minimizar o impacto no tráfego e reduzir tempo de deslocamento de dispositivos móveis como iluminação, banheiro, tendas de apoio, entre outros.

“Embora, neste primeiro mês, não estivesse prevista em nosso contrato a revitalização da Serra, a Via Araucária assumiu o compromisso de melhorar as condições deste trecho para os usuários, especialmente em antecipação ao feriado de Páscoa. Graças a esse esforço, quem viajou por este trecho pôde desfrutar de uma experiência renovada, caracterizada por maior segurança, conforto e fluidez no trânsito”, explicou Pedro Veloso, Diretor de Engenharia da Via Araucária.

Fotos: https://drive.google.com/drive/folders/1Uehhsk6BNTo2jyPDeinyq93Hd_J4MLgl?usp=sharinghttps://drive.google.com/drive/folders/1Uehhsk6BNTo2jyPDeinyq93Hd_J4MLgl?usp=sharing

Créditos: Via Araucária

Sobre a Via Araucária

A Via Araucária é a concessionária responsável pela operação, manutenção e modernização do Lote 1 do Sistema Rodoviário do Estado do Paraná, abrangendo 473 quilômetros de rodovias federais e estaduais. Esse trecho inclui os contornos Norte e Sul de Curitiba, as interligações entre municípios da Região Metropolitana de Curitiba e a rota entre a capital e Guarapuava, no Centro-Sul do Paraná, entre outros segmentos viários.

O contrato de concessão assinado junto ao Governo Federal prevê investimentos da ordem de R$13,1 bilhões na restauração de rodovias, ampliação da malha viária e implementação de tecnologias e inovações que contribuam para a prestação de serviços de alta qualidade. Para mais informações: www.viaaraucaria.com.br

(I)BR-277/PR:

– Do acesso oeste de Curitiba/PR até a Ponte sobre o Rio Barigui, em Curitiba/PR;

– Do entroncamento com a BR-476, no município de Curitiba/PR, até o entroncamento com a BR-373/PR-452 (Relógio), em Prudentópolis/PR;

– Do entroncamento com a BR-277/PR-431, no município de Campo Largo/PR, até o entroncamento com a BR-277/PR-431 (Fim do Contorno de Campo Largo), em Balsa Nova/PR;

– Do acesso a Santa no município de Balsa Nova/PR, até o entroncamento com a PR-423, em Balsa Nova/PR.

(II)BR-373/PR:

– Do entroncamento com a BR-373/PR (Caetano) no município de Ponta Grossa/PR, até o entroncamento com a BR-277/PR (Relógio), em Prudentópolis/PR.

(III)BR-376/PR:

– Do entroncamento com a BR-476 (P/Araucária) no município de Curitiba/PR, até o

entroncamento com a BR-116/476 (Curitiba Sul/Pinheirinho), em Curitiba/PR.

(IV)BR-476/PR:

– Do entroncamento com a BR-376/277 (P/Araucária) no município de Curitiba/PR, até o entroncamento com a PR-427 (P/ Porto Amazonas), em Lapa/PR.

(V)PR-418:

– Do entroncamento com a BR-277/PR (Campo Comprido) no município de Curitiba/PR, até o entroncamento com a PR-417, em Colombo/PR.

(VI)PR-423:

– Do entroncamento com a BR-276 (Araucária) no município de Araucária/PR até o

entroncamento com a BR-277 (Pista Direita), em Campo Largo/PR.

(VII)PR-427:

– Do entroncamento com a BR-476 no município da Lapa/PR, até o entroncamento com a BR277, em Palmeira/PR.

Assessoria de Imprensa – Via Araucária

Lumière Comunicação

Giovana Chiquim Cereja – (41) 9 9583-4827

Fernanda Guimarães – (41) 9 8705-8239

E-mail: imprensaviaaraucaria@lumierecomunicacao.com.br

Você já conhece os benefícios de possuir uma tag (chip eletrônico para pagamento automático)?

Clique aqui e confira!