Notícias

Em três meses de operações, Via Araucária promove qualidade e segurança nas rodovias administradas

Concessionária registrou uma média diária de 92 atendimentos por dia

A Via Araucária completou 90 dias de operação, marcados por significativas realizações que evidenciam seu compromisso com a segurança viária das rodovias sob sua administração. Desde o início das atividades, em 28 de fevereiro, a concessionária tem se dedicado incansavelmente para melhorar a infraestrutura rodoviária e prestar assistência de qualidade aos motoristas.

Durante três meses, ocorreram foram 8.365 atendimentos, resultando em uma média diária de 92 chamados. Os serviços prestados incluíram 4.281 apoios mecânicos, 1.480 socorros médicos e 580 sinistros. Além disso, 418 animais foram resgatados das rodovias e houve combate a 86 princípios de incêndios, dos quais 71 foram em vegetação e 15 em veículos.

“Os 90 dias de operação demonstram nosso compromisso com segurança e qualidade nas rodovias, através dos atendimentos ágeis e eficientes, garantindo suporte integral aos viajantes”, evidencia Jorge Baracho, gerente de operações da Via Araucária.

Canal de atendimento aos usuários

Neste primeiro trimestre de operações, o serviço de atendimento telefônico 0 800 277 0 376 da Via Araucária forneceu suporte e assistência aos usuários das rodovias. A equipe do Centro de Controle Operacional (CCO) prontamente prestou esclarecimentos e atendeu às solicitações. Além disso, ofereceu suporte em diversas situações, desde pedidos de socorro mecânico, atendimento clínico, além do envio de viaturas de inspeção e sinalização em ocorrências, bem como o deslocamento de guinchos e ambulâncias para o atendimento de sinistros.

Recuperação de pavimento e operação tapa-buracos

 Seguindo o cronograma de serviços iniciais, que têm prazo de finalização de doze meses – a contar da data de assinatura do contrato de concessão, a Via Araucária estabeleceu prioridades com base em trechos considerados mais críticos, visando garantir a segurança viária. Equipes diurnas e noturnas foram estão mobilizadas para minimizar os transtornos aos motoristas.

No período de três meses, foram reparados 304 quilômetros de faixas, de um total aproximado de 1.200 quilômetros do trecho administrado. A execução dessa atividade contou com o apoio de 210 máquinas e equipamentos e envolveu 365 colaboradores.

Além disso, como parte desse empenho, foram realizados 8.101 tapa-buracos emergencial, com a utilização de 523 toneladas de reparos localizados para garantir a segurança e a fluidez do tráfego, demonstrando o comprometimento da Via Araucária com a manutenção contínua das rodovias.

Já a recuperação dos taludes priorizou pontos que ofereciam maiores ameaças às rodovias. Ao todo, foram restaurados 18 pontos críticos.

“Nossas obras nos primeiros três meses refletem o compromisso com segurança e qualidade. Cada projeto busca garantir viagens seguras e confortáveis. Seguiremos investindo em melhorias para prestar um serviço de excelência”, salienta Pedro Veloso, diretor de engenharia da Via Araucária.

Serviços de conservação

No primeiro trimestre de concessão, as equipes de conservação da Via Araucária realizaram a remoção de 124 toneladas de resíduos ao longo dos 473 quilômetros do Lote 1 de rodovias paranaenses. Adicionalmente, foram executadas roçadas em 1.005 quilômetros.

Limpeza e recuperação de drenagem 

Além das obras mencionadas, a Via Araucária executou a limpeza de 44.750 metros de drenagem superficial, desempenhando um papel fundamental na prevenção de alagamentos e na manutenção do sistema de drenagem das rodovias. Também foi realizada a recuperação de 1.412 metros de drenagem superficial.

Sinalização horizontal

Durante os últimos meses, a Via Araucária empreendeu esforços na melhoria da segurança viária através da implantação de sinalização horizontal. Com um total de 44.106 metros quadrados de faixas pintadas e aplicação de 30.772 tachas refletivas, aumentando a visibilidade noturna.

Fotos: Imagens Via Araucária – Obras – Google Drive

Créditos: Via Araucária

Sobre a Via Araucária

A Via Araucária é a concessionária responsável pela operação, manutenção e
modernização do Lote 1 do Sistema Rodoviário do Estado do Paraná, abrangendo
473 quilômetros de rodovias federais e estaduais. Esse trecho inclui os contornos
Norte e Sul de Curitiba, as interligações entre municípios da Região Metropolitana de Curitiba e a rota entre a capital e Guarapuava, no Centro-Sul do Paraná, entre outros segmentos viários. O contrato de concessão assinado junto ao Governo Federal prevê investimentos da ordem de R$13,1 bilhões na restauração de rodovias, ampliação da malha viária e implementação de tecnologias e inovações que contribuam para a prestação de serviços de alta qualidade. Para mais informações: www.viaaraucaria.com.br

(I) BR-277/PR:
– Do acesso oeste de Curitiba/PR até a Ponte sobre o Rio Barigui, em Curitiba/PR;
– Do entroncamento com a BR-476, no município de Curitiba/PR, até o
entroncamento com a BR-373/PR-452 (Relógio), em Prudentópolis/PR;
– Do entroncamento com a BR-277/PR-431, no município de Campo Largo/PR, até o entroncamento com a BR-277/PR-431 (Fim do Contorno de Campo Largo), em Balsa Nova/PR;
– Do acesso a Santa no município de Balsa Nova/PR, até o entroncamento com a
PR-423, em Balsa Nova/PR.
(II) BR-373/PR:
– Do entroncamento com a BR-373/PR (Caetano) no município de Ponta Grossa/PR,
até o entroncamento com a BR-277/PR (Relógio), em Prudentópolis/PR.
(III) BR-376/PR:
– Do entroncamento com a BR-476 (P/Araucária) no município de Curitiba/PR, até o
entroncamento com a BR-116/476 (Curitiba Sul/Pinheirinho), em Curitiba/PR.
(IV) BR-476/PR:
– Do entroncamento com a BR-376/277 (P/Araucária) no município de Curitiba/PR,
até o entroncamento com a PR-427 (P/ Porto Amazonas), em Lapa/PR.
(V) PR-418:
– Do entroncamento com a BR-277/PR (Campo Comprido) no município de
Curitiba/PR, até o entroncamento com a PR-417, em Colombo/PR.
(VI) PR-423:
– Do entroncamento com a BR-276 (Araucária) no município de Araucária/PR até o
entroncamento com a BR-277 (Pista Direita), em Campo Largo/PR.
(VII) PR-427:
– Do entroncamento com a BR-476 no município da Lapa/PR, até o entroncamento
com a BR-277, em Palmeira/PR.

Siga a Via Araucária nas redes:
https://www.linkedin.com/company/viaarauc%C3%A1ria
https://www.youtube.com/@viaaraucaria
https://www.instagram.com/araucariavia

Assessoria de Imprensa – Via Araucária
Lumière Comunicação
Giovana Chiquim Cereja – (41) 9 9583-4827
Fernanda Guimarães – (41) 9 8705-8239
E-mail: imprensaviaaraucaria@lumierecomunicacao.com.br

Você já conhece os benefícios de possuir uma tag (chip eletrônico para pagamento automático)?

Clique aqui e confira!